Cookies help us deliver our services. By using our services, you agree to our use of cookies.

Supermercados

Durante a última década temos visto, em paralelo aos sistemas DX tradicionais, o aumento constante de novas tecnologias envolvendo o CO2 como refrigerante e como meio secundário de arrefecimento. Os sistemas de supermercado estão divididos em dois níveis de temperatura, TM e TA:

  • TM: expositores e depósitos frios a +6 a 0 °C
  • TA:: expositores e depósitos frios a-18 a-24 °C

Os sistemas são projetados para de adequarem a estes dois níveis de temperatura. No nordeste da Europa, nós temos visto a progressiva introdução de sistemas de booster transcrítico usando o CO2 como o refrigerante, em TM e TA. Em outros países, os sistemas híbridos estão se tornando a solução padrão. Nestes sistemas, o R134a é normalmente o refrigerantes usado em TM e o CO2, condensado através de BPHEs em cascata são usados em TA. Sistemas bombeados usando o CO2 como o meio de refrigeração são usados em países quentes, devido a economia de custo no tamanho da tubulação e ao aumento da eficiência. Nos mercados emergentes, os sistemas de supermercados são, em geral, fabricados usando resfriadores de salmoura, onde a circulação do glicol é assegurada por meio de uma bomba centrífuga.

Produtos relacionados